REFLEXÕES DO CURSINI

cursini-corinthiano

COMO OS BURROS CHEGARAM NO PODER?
Era uma vez um rei que queria muito ir pescar. Para garantir que teria um bom dia, ele decidiu chamar o seu meteorologista e perguntar como seria o clima nas próximas horas. O funcionário o tranquilizou, afirmando que o rei poderia ir tranquilo, pois não iria chover.
Como sua namorada morava perto do local da pesca, o rei vestiu suas melhores e mais caras roupas. Ao longo do caminho, o monarca encontrou um fazendeiro montado em um burro, que lhe disse:
– Vossa Majestade, é melhor voltar ao castelo, vai chover muito hoje.
É claro que o rei continuou em seu caminho, pensando: “Eu pago muito dinheiro a um especialista no assunto, esse homem não sabe do que está falando!”
Algumas horas mais tarde, começou a chover torrencialmente. O rei ficou completamente encharcado e apenas passou vergonha na frente de sua namorada, que não parava de rir do seu estado. Furioso, o rei voltou ao palácio e mandou seu funcionário embora. Então, pediu que buscassem o fazendeiro para lhe oferecer o trabalho de meteorologista.
Chegando no castelo, o homem disse:
– Vossa Majestade, eu não entendo nada disso, só sei que quando as orelhas do meu burro estão viradas para baixo, significa que vai chover.
Por isso, o rei contratou o burro.
E ASSIM SURGIU A TRADIÇÃO DE SE CONTRATAR BURROS PARA OS MAIS ALTOS CARGOS DE UM GOVERNO…

 

Cláudio Cursini

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s