REFLEXÕES DO CURSINI

REFLEXÕES DO CURSINI

Obviamente estou ficando mais velho – aliás um termo que nos dá a sensação de experiencia, de sensibilidade, de saber conhecer, reconhecer e entender mais a vida em que vivemos. Agora dizer mais velho é uma questão, também, de sentir que você está chegando lá. A grande vantagem que eu tenho sobre outros é a presença, ainda, da minha mãe. Não é sempre que nos damos maravilhosamente bem, afinal as idades e mentalidades são outras. Porém, independente disso, quando converso (ou consigo) com ela “numa boa”, sinto que ainda estou jovem, afinal tenho uma mãe, AINDA. Sinceramente, isso me deixa sensível, lágrimas e lágrimas e meu coração parece que vai explodir. – Porquê? Por que ainda tenho a minha mãe…

One thought on “REFLEXÕES DO CURSINI

  1. wilza galbiatti taglione Novembro 17, 2014 / 9:47 am

    Sr. Cursini,

    Adorei o texto e compactuo, pois também sou uma privilegiada por ter ao meu lado a minha, ou melhor a Minha Mãezinha que aos seus 87 tem sua dignidade intacta, sabedoria, aquela das professoras que a cada dia nos ensinavam algo…., sua teimosia por vezes com absoluta razão …. Ah nós mais velhos e tão meninos diante delas, ainda querendo o seu colo, ainda querendo e necessitando da sua proteção e do seu amor incondicional…. Então façamos um brinde, um brinde a Vida ……
    wilza g. taglione

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s