HOJE TEM LUSA NA COPA

Daqui a pouco no Canindé, 21.30 hs. ,mais uma vez a Lusa em campo na Copa São Paulo Sub 20. Agora é Terceira Fase e o adversário é o Volta Redonda e a Portuguesa necessita do nosso apoio.

Anúncios

AS RUAS DO PARI

Mais um trecho do estudo divulgado pela Biblioteca Adelpha Figueiredo sobre ruas do nosso bairro. Eu vou fazer um comentário sobre o Dr. Carlos de Campos. Na Revolução de 1924, que foi tramada inicialmente numa casa da Avenida Vautier e depois teve apoio de altas patentes militares e civis, o cidadão que é homenageado com uma das mais importantes avenidas do Pari, foi derrubado pelos revoltosos, Presidente do Estado que era . Fugiu para o Rio, então capital da República, para pedir socorro ao então Presidente da República dr. Artur Bernardes, alvo maior dos revolucionários de 24.

Com a demora dos revoltosos em seguir para o Rio, os comandados se reorganizaram e do alto da Penha, passaram a bombardear S. Paulo indiscriminadamente, causando muita destruição , medo e morte. Famílias fugiram para outras cidades, a minha por exemplo, fugiu para Itu, onde temos parentes. Apesar dos insistentes apelos até de orgãos internacionais, o bombardeio não cessava e os revolucionários não se entregavam. Dr. Carlos de Campos a tudo assistia, e além de tudo apoiava o bombardeio da nossa cidade. A Revolução só terminou, quando houve um acordo, onde os rebeldes saíram da nossa cidade com armas , víveres e munições, numa marcha que mais tarde deu origem à Coluna Prestes. A Estação da Penha de onde eram efetuados os disparos de canhões, para várias bairros da cidade , inclusive o Pari, recebeu o nome de Carlos de Campos e no Pari, um bairro severamente castigado deu – se o nome a uma importante avenida de Doutor Carlos de Campos. Como dizia Machado de Assis, ao vencedor , as batatas.

Jayme Antonio Ramos

AS RUAS DO PARI

Continuando com o livreto publicado há alguns anos pela Biblioteca Adelpha Figueiredo, hoje veremos informações sobre as ruas Barão de Ladário ( onde meu pai nasceu e viveu até casar-se ),Araguaia ( rua do Serra Morena e do Estrela do Pari ) e Alexandrino Pedroso ( durante muito tempo foi chamada de rua da Confiança , pois lá era a entrada principal da importante fábrica de produtos alimentícios )

FALECEU UM DOS CANTORES DOS BAILINHOS DA VIDA

Music produced & arranged by Joe Tansin, Directed by Joe Tansin – Director of photography Chris Hume , Dean Ford – Vocals
Joe Tansin – Guitar, Banjo, Keyboard, percussion & backing vocals,
Jon Gold – Organ, Jen Kuhn – Cello, Rick Sailon – Fiddle. Asst. Engineer Jack Tansin.
https://www.facebook.com/jttansin

MORREU DEAN FORD 1946-2019.DEAN FORD FOI O CANTOR DA BANDA MARMALADE,CUJO MAIOR HIT FOI”REFLECTIONS OF MY LIFE” DE 1969.MUSICA QUE ALEM DOS ADULTOS DA EPOCA,MUITAS CRIANÇAS DO FINAL DOS ANOS 60 DEVEM SE LEMBRAR.QUE DESCANSE EM PAZ,POIS A MUSICA JA O ETERNIZOU!

Texto do João Barassal Neto

A banda Marmalade e o seu cantor Dean Ford e em especial essa bela canção embalaram muitos bailinhos no bairro nos anos 60 . Bailes pró-formatura, bailinhos em aniversários , nos quintais das casas , enfim canções como esta faziam o Pari pulsar , muita amizade , muito riso, enfim uma juventude muito legal, um tempo muito legal.

O PARI E SUAS RUAS

Há alguns anos a nossa querida Biblioteca Adelpha Figueiredo divulgou um trabalho interessante sobre o significado dos nomes de alguma ruas do Pari. Aliás nós parienses não temos notícias sobre atividades na biblioteca. Se existem não estamos sabendo , o que muito nos alegraria até em divulga-las.

Hoje faremos a apresentação deste belo trabalho, dando os devidos créditos a quem de direito e em próximas edições estaremos postando os nomes das ruas.

Obs .: nesta Estação do Pari, vários meus parentes paternos trabalharam como meu bisavô, meu avô, dois tios, três tios-avôs. Eu também fui ferroviário, mas no Escritório da Estação da Luz.